Rodrigo Zingano, ator do polêmico clipe da cantora Cassiane, se posiciona

Ator decidiu gravar um vídeo sobre seu trabalho no clipe “A Voz”

Rodrigo Zingano é ator há mais de 10 anos, tendo participado de diferentes trabalhos no Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. Natural de Porto Alegre, Zingano teve a base de sua formação artística no TEPA (Teatro Escola de Porto Alegre), uma conceituada escola de formação para atores, além de variados workshop’s e cursos, os quais o possibilitaram a começar a construir sua carreira com sensatez e, hoje, trazer no currículo participações em filmes, novelas, séries, clipes e peças de teatro.

Antes da pandemia do novo coronavírus, o ator estava envolvido na terceira montagem da peça “Entre o Céu e o Inferno”, um drama psicológico com pitadas de suspense policial. Essa é a segunda vez em que Zingano faz parte do projeto, sua primeira participação aconteceu em 2015 quando desenvolveu o mesmo personagem e também foi um dos produtores do espetáculo. Para a atual montagem, que estava marcada para estrear em abril de 2020 mas precisou ser adiada devido as consequências da pandemia, o ator entrou de cabeça no personagem e vinha preparando um trabalho totalmente diferente do anterior. Todavia, como vários outros eventos espalhados pelo mundo, a temporada da peça foi adiada por tempo indeterminado e todos os ensaios cancelados.

Mantendo o isolamento social, na medida do possível, com a esposa e os dois filhos, saindo poucas vezes na semana para trabalhar como motorista de aplicativo, Rodrigo viu pela primeira vez um trabalho com uma importante participação sua explodir na mídia e chamar a atenção de milhares de pessoas na internet. Ele foi um dos atores principais do clipe gospel “A Voz”, da cantora Cassiane, no qual deu vida ao personagem de um marido alcoólatra e violento. Embora a atuação de Zingano tenha sido bastante elogiada pelo público, a produção do clipe teve uma repercussão negativa e foi acusada de tentar romantizar a violência contra as mulheres.

Na história original, uma mulher sofre diversas agressões físicas e nunca denuncia o marido. Um dia, quando decide sair de casa, ela deixa um bilhete para ele dizendo que o perdoa e que irá orar por ele. A forma que a mensagem de perdão foi passada não agradou o público e a repercussão chegou ao trending topics do Twitter, sendo abordada por algumas celebridades como Felipe Neto.

Atenta as reclamações e solicitações do público, a MK Music (gravadora responsável pelo clipe) reconheceu o erro cometido e prontamente solicitou gravação de cenas adicionais para incluir numa nova versão, que saiu no domingo do dia 19/07/20, e já ultrapassa 600 mil views no Youtube até então. O clipe original que gerou a polêmica já foi retirado do ar e na nova produção podemos ver a mulher denunciando o marido e o mesmo sendo preso. A rápida atitude agradou muitos fãs que elogiaram o desempenho da gravadora e o novo conteúdo.

Acompanhando de perto tudo o que aconteceu, respondendo os comentários de cada um que entrou em contato pelas redes sociais, Rodrigo Zingano decidiu se pronunciar mais abertamente e gravou um vídeo para o seu canal “Coisas di Zingano”. No vídeo em questão, o ator fala sobre seu trabalho, as dificuldades da carreira de ator, o que o levou a aceitar o papel no clipe e qual é o seu posicionamento sobre o assunto.

Confira o vídeo abaixo

Para o futuro, além da estreia da peça citada acima, Zingano estuda alguns papéis que lhe foram oferecidos para atuar em produções independentes no cinema. Acompanhem a carreira do ator através do Instagram @rodrigozingano.


Imagens e Vídeos: Divulgação (MK Music / Rodrigo Zingano)

Não Pare aqui!

Veja mais...